Author Archives: Atlantida

Por que confiar a locação do seu imóvel a uma administradora?

Não é segredo que imóvel vazio significa prejuízo para o proprietário. Por isso, quem tem uma casa ou apartamento disponível deve considerar alugá-lo para gerar uma renda extra e não deixá-lo parado. 

Nestes casos, ter o apoio de uma administradora de imóveis pode fazer uma grande diferença. Ao confiar seu imóvel a uma empresa do ramo, o proprietário tem algumas vantagens que não teria ao cuidar de todo o processo de locação por conta própria.

É aqui que entra nosso trabalho: com 50 anos de atuação na gestão de imóveis residenciais ou não-residenciais, a Atlântida oferece um suporte completo a proprietários e inquilinos, diminuindo dores de cabeça para ambas as partes. Entre os nossos diferenciais, nós destacamos:

  • A divulgação do seu imóvel será feita de maneira ampla e abrangente, nas principais mídias online e offline, como jornais, portais especializados do setor e, é claro, em nosso site.
  • Ajudamos na avaliação do valor do aluguel, com uma análise criteriosa, baseada em pesquisas técnicas do mercado e considerando diversos fatores, como o tipo de imóvel, seu estado de conservação, sua localização, entre outros.
  • Também analisaremos com cuidado os documentos e as garantias locatícia dos candidatos a inquilinos e seus fiadores, garantindo a sua segurança na hora de fechar negócio.
  • Mensalmente, elaboraremos e emitiremos o boleto de cobrança para cada inquilino, possibilitando o controle em relação aos recebimentos de aluguéis e taxas, além de acompanhar os inadimplentes. E o melhor: os inquilinos têm acesso à 2ª via deste boleto diretamente em nosso site.
  • O contrato de locação pode causar muitas dúvidas. Por isso, é nossa responsabilidade a sua formalização e constante revisão e atualização por profissionais especializados.
  • Nossos proprietários também têm total tranquilidade em relação ao estado de conservação dos imóveis na entrada e na saída dos inquilinos, uma vez que cuidados da vistoria, feita de maneira minuciosa.
  • Fazemos nossa prestação de contas mensalmente, com total transparência. Os valores creditados e debitados são discriminados um por um, e o repasse do aluguel é feito até o dia 10 de cada mês.
  • Também colocamos à disposição toda a infraestrutura do nosso Departamento Jurídico, composto por advogados com vasta experiência no mercado imobiliário, e que estão prontos para atender a todas as solicitações de inquilinos e proprietários.
  • Além de tudo isso, nossos clientes ainda contam com o Atlântida Net, uma completa plataforma do mercado que funciona como um site do seu imóvel, onde todas as informações como saldos, extratos, contas a pagar e cadastros são disponibilizadas de forma exclusiva a cada proprietário.

As vantagens de disponibilizar seu imóvel para locação através de uma administradora são muitas! Facilite o seu dia a dia. Conheça as vantagens da locação na Atlântida: atlantida-adm.com.br/locacoes/

Como devem ser feitas as cotações para condomínios

Para comprar um produto ou contratar um serviço para um condomínio, é importante que os gestores façam cotações de valores com diferentes fornecedores. Mas como elas devem ser feitas para garantir que a empresa contratada terá o melhor custo x benefício? Saiba como otimizar esse processo!

Na hora de selecionar as empresas que participarão das cotações, é importante observar alguns pontos. Procure pela empresa em diversos canais, como sites, Reclame Aqui e redes sociais. Nestes canais, ficam claras as avaliações de quem já utilizou seus serviços. Considerando as informações disponibilizadas, selecione algumas que se encaixam em seu perfil para fazer a cotação. Assim, caso alguma não atenda às exigências, você ainda terá outras opções disponíveis.

Para uma cotação bem-sucedida, é essencial descrever a solicitação com detalhes. Ao fazê-lo, o síndico evita diversos contratempos e mal-entendidos, além de reduzir o tempo de atendimento. Ao fazer a solicitação, coloque o máximo de detalhes possível do serviço necessário, de forma clara e objetiva. Também é importante definir um orçamento limite de custos, para ter uma ideia de qual será o valor gasto.

Ao passar as informações para as empresas, estipule uma data limite para receber os orçamentos. Caso sejam necessárias visitas técnicas, geralmente o prazo mínimo é de 2 semanas. Nestes casos, agende a visita e solicite as informações do profissional que fará o atendimento, como nome completo, RG e CPF. Aqui, o síndico pode – e deve – contar com a ajuda do zelador do condomínio, para que ele possa indicar quais são os problemas e guiar o avaliador.

Por fim, ao receber as cotações, analise-as com calma e não feche negócio baseado apenas pelos preços mais baixos. Verifique novamente as referências e avaliações da empresa e do produto. Ao escolher qual será responsável pelo serviço, redija um contrato com todos os itens indispensáveis e informe aos concorrentes sobre o fim do processo de cotações e orçamentos.

Seguindo estas etapas, o processo de cotações é muito mais simples e assertivo, evitando gastos desnecessários e garantindo um bom serviço prestado.

Fundos imobiliários atingem marca recorde de 1 milhão de cotistas

Atualmente, existem mais de 390 fundos deste tipo listados no mercado brasileiro. Com a queda da Selic tem aumentado o número de investimentos neste tipo de produto.

O novo recorde representa mais que o dobro do número de contas ativas em fundos deste tipo no mesmo período de 2018 (400,2 mil).

“Com juros baixos e maior estabilidade político-econômica, os fundos imobiliários encontram um cenário fértil para crescimento e se reforçam como opção de diversificação do portfólio dos investidores. Isso também se deve à gradual retomada do mercado imobiliário, que usa esses produtos como fonte de recursos, e estimula o crescimento de empregos e do PIB”, afirma Carlos André, vice-presidente da ANBIMA.

Atualmente, existem mais de 390 fundos imobiliários listados no mercado brasileiro. Em 2019, esses produtos acumulam R$ 15,3 bilhões de captação líquida, o que representa um crescimento de 46% frente ao volume de R$ 10,5 bilhões registrado de janeiro a agosto do ano passado. A aplicação é uma forma de investir em imóveis, sem ter que lidar com a burocracia e custos como IPTU, comissão a imobiliárias ou a corretores.  Neste tipo de produto, os investidores fazem seus aportes em um ativo imobiliário já existente, em construção ou em dívidas emitidas para financiamento de imóveis. O rendimento para o investidor pode vir do pagamento de aluguéis, arrendamento ou da simples valorização da cota comprada por cada participante do fundo.

 

 


Warning: html_entity_decode(): charset `ISO-8559-1' not supported, assuming utf-8 in /home/atlantid/public_html/blog/wp-includes/general-template.php on line 3237
1 2 3 253