Categoria: Mercado

CAIXA anuncia aumento no valor de imóvel a ser financiado pelo ‘Minha Casa, Minha Vida’

Como primeira mudança do ano de 2019, a Caixa Econômica Federal, órgão operador do “Minha Casa, Minha Vida”, aumentou o valor dos imóveis a serem financiados pelo programa a partir do uso do FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço).

A mudança afeta diretamente famílias de municípios com até 20 mil habitantes, que antes podiam ter como subsídio para financiar imóveis da cidade o valor de R$ 95 mil. Com o anúncio da CAIXA, o subsídio se iguala ao destinado a imóveis de cidades com máximo de 50 mil habitantes.

A nova medida vale para participantes da faixa 2 e 3 do programa, que possuem renda máxima de R$ 4 mil e R$ 7 mil, respectivamente. Para quem faz parte da faixa 1,5 (renda de até R$ 2.600), os subsídios oferecidos permanecem o mesmo.

Com a mudança, os novos limites do valor do imóvel em cidades pequenas, de acordo com o estado, ficam da seguinte forma:

  • – DF, SP e RJ: R$ 145 mil para cidades de até 50 mil habitantes;
  • – Região Sul, ES e MG: R$ 140 mil para cidades de até 50 mil habitantes;
  • – Região Centro-Oeste (com exceção do DF): R$ 135 mil para cidades de até 50 mil habitantes;
  • – Regiões Norte e Nordeste: R$ 130 mil para cidades de até 50 mil habitantes.

A última mudança feita no “Minha Casa, Minha Vida” havia acontecido no dia 31 de dezembro de 2018, ainda sob a decisão do então Presidente Michel Temer, que diminuiu o valor do subsídio oferecido a famílias com renda de até R$ 1.600.

FONTE: Zap em Casa

Creci RJ e Secovi Rio assinam parceria

O presidente do Conselho Regional dos Corretores de Imóveis – Creci RJ -, Manoel da Silveira Maia, esteve com o presidente Secovi Rio, Pedro Wähmann, nesta segunda-feira, dia 25 de fevereiro de 2019, para assinatura do convênio de compartilhamento do Serviço Pesquisa Online.

A partir de agora, todos os corretores que estiverem em dia com o Creci RJ poderão acessar gratuitamente o Pesquisa Online, um sistema avançado desenvolvido pelo Centro de Pesquisa e Análise da Informação (Cepai) do Secovi Rio.

Por meio do Pesquisa Online os associados do Secovi Rio e outros interessados têm acesso ao valor do m² para venda e locação, residencial e comercial, além da taxa condominial em mais de 100 bairros na cidade do Rio de Janeiro e em outras cidades, como Niterói, Cabo Frio, Nova Iguaçu, Petrópolis, Teresópolis, Macaé etc.

Imposto de Renda 2019 – o que você precisa saber?

Nesta época do ano, a principal preocupação em relação aos impostos é a declaração do Imposto de Renda. Começa agora, em março, o prazo para a sua entrega, que se estende até as 23h59 de 30 de abril. Quem não entregar neste prazo, terá de pagar uma multa de 1% sobre o imposto devido ao mês.

Em 2019, os contribuintes terão uma semana a menos para entregar a declaração – segundo a Receita, o motivo para a redução do tempo é o carnaval. São esperadas cerca de 30,5 milhões de declarações, cerca de 1 milhão a mais do que no ano anterior.

Para saber se você precisará fazer a declaração, é necessário saber se você se encaixa em pelo menos uma das situações abaixo:

  • Recebeu mais de R$28.559,70 de renda tributável no ano;
  • Ganhou mais de R$40.000,00 isentos, não tributáveis ou tributados na fonte;
  • Teve ganho com a venda de bens;
  • Comprou ou vendeu ações na Bolsa;
  • Recebeu mais de R$142.798,50 em atividade rural ou tem prejuízo rural a ser compensado no ano-calendário de 2018 ou nos próximos anos;
  • Era dono de bens de mais de R$300.000,00;
  • Passou a morar o Brasil em qualquer mês de 2018 e ficou aqui até o dia 31 de dezembro;
  • Vendeu um imóvel e comprou outro em um prazo de 180 dias, usando a isenção do IR no momento da venda.

Vale lembrar que não é necessário se encaixar em todas as categorias listadas, basta preencher apenas um destes requisitos.

Quem tem dependentes, teve gastos com saúde ou escola particular, ou possui empregados domésticos, pode reduzir o imposto a ser pago. Os valores dos descontos são os seguintes:

  • Dedução por dependente: R$2.275,08;
  • Despesas com educação: R$3.561,50;
  • Desconto com empregados domésticos (limitado a um por declaração): R$1.200,32;
  • Despesas com saúde: não há limites.

Existem 3 formas possível para o preenchimento e entrega da declaração. São elas:

  • Através do programa do IR 2019 para computadores, que você pode fazer o download aqui;
  • Em tablets ou celulares, com o app “Meu Imposto de Renda”, disponível para Android e iOS;
  • No site da Receita, para quem já possui o Certificado Digital, acessando o serviço “Meu Imposto de Renda”.

A expectativa da Receita é que pelo menos 700 mil declarações sejam feitas através dos aplicativos, dobrando o uso se comparado ao ano passado.

Entre as novidades do IR 2019 está a exigência de CPF para todos os dependentes, independente de sua idade. Até o ano passado, o documento era exigido apenas para maiores de 8 anos.

 


Warning: html_entity_decode(): charset `ISO-8559-1' not supported, assuming utf-8 in /home/atlantid/public_html/blog/wp-includes/general-template.php on line 3237
1 2 3 4 5 35