Secovi Rio realiza campanha de doação de sangue

Síndicos e gestores de condomínios, profissionais do mercado imobiliário e parceiros do Secovi Rio são convidados para a mobilização em prol da doação de sangue que a Entidade realiza nos dias 10 e 11 de maio, das 10h às 15h, em sua sede (Av. Almirante Barroso, 52/9º andar, Centro). A campanha é uma parceria com o HemoRio, que busca reforçar seus estoques.

O processo é simples: após uma rápida triagem, os voluntários – caso sejam aprovados – são imediatamente encaminhados para a coleta, que é feita por profissionais capacitados, utilizando materiais descartáveis. O procedimento completo não dura mais do que uma hora.

Para recrutar doadores, o Secovi Rio elaborou diversos materiais de divulgação, dirigidos a diferentes públicos. A campanha também chega às redes sociais por meio da hashtag #compartilheavida.

Sua doação de sangue ajuda a garantir a sobrevivência e o bem-estar de muita gente. Dependem desse gesto de altruísmo as vidas de centenas de pessoas – entre vítimas de acidentes, pacientes de cirurgias complexas ou portadores de hemofilia, leucemia e anemia.

Paes detalha esquema de transporte durante Olimpíada do Rio

O prefeito do Rio, Eduardo Paes, anunciou nesta quarta-feira (27) que a cidade terá mais um dia de feriado durante os Jogos Olímpicos. A nova data será 22 de agosto, dia do retorno da Família Olímpica, data em que são esperados 100 mil embarques no Aeroporto Internacional Tom Jobim.

O anúncio aconteceu durante entrevista coletiva no Centro do Rio para detalhar o plano estratégico para a Olimpíada do Rio, que trouxe novidades como serviço especial de BRT e a data da inauguração do primeiro trecho do VLT: 22 de maio.

Além de colocar as férias escolares do dia 1 ao dia 28 de agosto, a prefeitura já tinha anunciado outros dois feriados: um no dia da abertura, 5 de agosto, e outro no dia 18, quando será realizada a prova de triatlo.

“São feriados parciais, o comércio continua funcionando. São feriados parecidos com os feitos na Copa e na Jornada Mundial da Juventude”, disse o prefeito. “Nós queremos os cariocas na cidade vivenciando a Olimpíada. A experiência olímpica é imperdível, mas as pessoas têm que entender que a mobilidade vai estar mais afetada nesses dias”, acrescentou. Ele disse ainda que não pretende decretar mais nenhum feriado, a não ser que haja um imprevisto.

Serviços especiais de BRT

Paes também anunciou a criação de um serviço especial nos corredores de BRT para os jogos. Três vias expressas, Transoeste, Transcarioca e Transpolímpica, terão conexões específicas com os seguintes pólos de competições: Golpe Olímpico, Rio Centro, Parque Olímpico e Complexo de Deodoro.

O BRT também contará com operação noturna entre a Barra, Zona Sul e o Centro da Cidade. O serviço funcionará entre 6 e 20 de agosto, de meia-noite às 2h, somente para desembarque. Para isso, estações com plataformas temporárias serão montadas em São Conrado, Leblon, Ipanema, Copacabana, Botafogo e Catete. No Centro, serão montados pontos sem plataforma.

Ainda sobre o esquema de transportes, a Prefeitura confirmou que o carioca já contará com o primeiro trecho do Veículo Leve sobre Trilhos (VLT) (Rodoviária – Santos Dumont) na Olimpíada. O serviço será inaugurado no dia 22 de maio.

Os motorhomes, veículos muito usados por turistas sulamericanos que chegaram à cidade dirigindo durante da Copa do Mundo, terão espaço em Niterói, perto do MAC. Na Copa, os veículos chegaram a ser estacionados pelos turistas na orla da Zona Sul, e depois foram conduzidos para o Sambódromo, no Centro.

O secretário Municipal de Transportes, Rafael Picciani, informou que o VLT terá grande importância durante os Jogos no deslocamento para o Centro, que mesmo não sendo um local de competição, será uma região de bastante movimentação turística.

Outros transportes

Assim como em dias de eventos, a SuperVia estará atuando com os intervalos dos trens menores que nos dias normais. Os trens serão uns dos transportes de maior utilização para os dias de jogos nos estádios do Maracanã e Engenhão.

Também haverá alterações nas linhas regulares de ônibus, por causa das interdições nas vias durante os Jogos.
Ainda de acordo com o secretário, a Linha 4 do metrô será uma das mais impactadas com demandas da Zona Sul da cidade em direção à Barra da Tijuca.

Ingressos

De acordo com os dados divulgadora pela prefeitura nesta quarta-feira, 47% dos ingressos para os Jogos foram vendidos pessoas que moram na cidade e 53% para espectadores de fora do Rio.

‘Família Olímpica’

A prefeitura se refere como “Família Olímpica” ao contingente de atletas, profissionais e turistas relacionados aos jogos que vão circular pela cidade durante a Olimpíada. Segundo números divulgados nesta quarta, serão 800 mil turistas, 15 mil atletas, 3,2 mil árbitros e juízes, 30 mil jornalistas e 50 mil voluntários.
Sete mil guardas municipais vão atuar no entorno de instalações olímpicas, vilas de acomodação e hotéis, eventos não esportivos, pontos turísticos e principais corredores de trânsito. Trezentos dos agentes serão recém-contratados, com treinamento exclusivo para controle de multidão.
Segundo o prefeito, pela primeira vez, a Pira Olímpica não ficará dentro de um estádio durante os jogos, e sim, no “live site” do Porto Maravilha.

Cartão Olímpico

A prefeitura também divulgou a “cara” do cartão que será aceito em todos os modais de transportes usados na Olimpíada — BRT, trem, metrô, VLT, ônibus, vans, barcas e teleférico. Os valores também foram divulgados: R$ 25 por 1 dia, R$ 70 por 3 dias e R$ 160 por uma semana.

Fonte: G1

A fórmula da casa feliz

A nossa casa é o melhor lugar do mundo. Quem discorda? Ela nos transmite segurança, aconchego e bem-estar. É justamente esse sentimento que nos faz sentir saudade do lar quando estamos viajando para qualquer canto do mundo – até o mais incrível deles.

Mas a ciência comprovou que é possível tornar o nosso ninho ainda melhor e mais feliz. São nove maneiras de tornar a rotina mais leve e divertida. E o melhor: nada de reforma, quebra-quebra e trabalho. Confira!

  1. De todas as cores do arco-íris, a amarelo e a verde são as que mais provocam sentimentos de felicidade e bem-estar, segundo uma pesquisa feita pela Universidade de Vrije, em Amsterdã, na Holanda. Você pode escolher entre todos os tons de amarelos e verdes que existem e eleger apenas uma parede para usar a cor.
  2. Um estudo conduzido pela Universidade de Rutgers, em Nova Jérsei, nos Estados Unidos, mostrou que ter um belo arranjo de flores em casa só faz bem. Segundo os pesquisadores, elas causam uma sensação imediata de bem-estar e também provocam felicidade a longo prazo. Os participantes do estudo reportaram menos sentimentos depressivos após receber flores.
  3. Se você tem apenas um livro e um copo d’água em seu criado-mudo, experimente incluir também um porta-retrato com uma foto linda de sua família. Os cientistas da Universidade de Portsmouth, na Inglaterra, garantem que isso fará você mais feliz. Segundo a pesquisa, olhar para fotos antigas e de pessoas queridas traz uma sensação de felicidade, conforto e calmaria.
  4. Se você é da turma que adora acender uma vela aromatizada para relaxar, vai gostar de saber dessa notícia. Uma pesquisa publicada na revista científica Chemical Senses, especialista em estudos químicos, mostrou que o aroma de baunilha é capaz de diminuir o estresse do ambiente. Se houver dúvidas na hora de escolher sua vela, fique sempre com a de cheiro mais doce!
  5. Um estudo feito pela Associação de Ciência Psicológica, nos Estados Unidos, mostrou que escrever pequenos lembretes em blocos e cadernos contribui para o bom humor, assim como fazer atividades físicas e terapia. Segundo os cientistas, redescobrir as notas após algum tempo faz com que você se sinta mais feliz. Aproveite e anote essas dicas em um bloquinho.
  6. Não é preciso de ciência para saber que ter um cão ou gato em casa torna o ambiente muito mais divertido e acolhedor. Mas uma pesquisa feita pela Associação Americana de Psicologia mostrou que animais de estimação evitam o isolamento social de seus donos e, consequentemente, os tornam muito mais felizes.
  7. “A flor é uma manipuladora de humores”, afirma a pesquisadora Patricia Wilson, da Universidade La Salle, na Filadélfia, nos Estados Unidos, após conduzir um estudo sobre aromas. Quando os participantes da pesquisa foram questionados sobre cheiros que traziam felicidade, 74% deles afirmaram flores. Você concorda?
  8. Em uma pesquisa com 68 mil pessoas, o site Hunch.com descobriu que 71% das pessoas que arrumam as camas pela manhã se declararam felizes. No grupo que não mantém esse hábito, 62% se consideram pessoas infelizes.
  9. De acordo com um estudo da Universidade da Califórnia, em Los Angeles, nos Estados Unidos, há uma ligação entre altos níveis de cortisol (hormônio do estresse) e pessoas que vivem em casas com grande quantidade de objetos de decoração. Ou seja, quanto mais enfeites e acessórios se tem, maior é a chance de se sentir estressado. Segundo o estudo, isso acontece porque a quantidade exagerada de adornos está relacionada a uma casa bagunçada e isso remete ao fracasso. Segundo a pesquisa, a solução para uma vida feliz é uma boa limpeza e uma casa minimalista.

(O Globo)


Warning: html_entity_decode(): charset `ISO-8559-1' not supported, assuming utf-8 in /home/atlantid/public_html/blog/wp-includes/general-template.php on line 3237
1 241 242 243 244 245 263