Bens de família são impenhoráveis para fins de locação comercial, diz STF

Em decisão recente, o Supremo Tribunal Federal (STF) considerou impenhorável o imóvel de família oferecido como garantia em contrato comercial de locação. O Supremo alega que um bem de família não pode ser confiscado. A Associação Brasileira das Administradoras de Imóveis (ABADI) acredita que a medida causará uma grande insegurança em vários contratos de locação no país, impactando fortemente na solidez do setor, pois enfraquecerá a retomada dos aluguéis de salas comerciais, principalmente nos de pequeno e médio empreendedores, cuja fiança, na maioria das vezes, é prestada por um dos sócios da empresa.

“A penhora possibilita ao locador aceitar, com certa tranqüilidade, a fiança como garantia, sendo essa a modalidade menos custosa para o locatário. Caso seja inviável a penhora do bem único do fiador, os locadores passarão a exigir outras garantias que onerarão o inquilino na firmação do contrato. Ou seja, as duas partes sairão lesadas com essa decisão”, analisa Marcelo Borges, diretor de Condomínio e Locação da ABADI.

De acordo com estimativa da Associação das Administradoras de Bens Imóveis e Condomínios do Estado de São Paulo (AABIC), cerca de 60% das locações comerciais são feitas com um fiador, pessoa física, que oferece uma propriedade como garantia da locação e que, portanto, tem algo a perder em caso de inadimplência.

Atualmente, uma alternativa à exigência de fiador para contrato de locação é o pagamento de seguro fiança, pelo locatário. Na avaliação da AABIC, a decisão do STF pode incentivar a ampliação do uso desse tipo de garantia, onerando os negócios que operam em imóveis alugados, já que se trata de uma opção relativamente mais cara.

Fonte: Abadi

Home office depois de um ano: hora de organizar

O home office, para muitas categorias profissionais, veio para ficar. Ao longo deste último ano, o teletrabalho consolidou-se em função das restrições sanitárias e fez com que empresas e trabalhadores se adaptassem a esta nova rotina laboral.

Como, para muitos, a decisão de trabalhar de casa veio de surpresa, sem muito tempo para organizar e planejar o novo dia a dia, faz-se necessário avaliar o que pode ser feito para melhorar o ambiente que, muitos de nós, de forma cada vez mais definitiva, chamamos de lar e também local de trabalho.

Confira algumas dicas para que você consiga conciliar o trabalho e a vida familiar no home office:

🔕 1. Evite interferências

Converse com seus familiares, explique que a manutenção do padrão de vida, principalmente durante a pandemia, depende da colaboração de todos. Deixe claro que quando você estiver no “horário” de trabalho, mesmo em casa, eles não devem interromper suas tarefas. Uma boa ideia é pedir que usem o horário de almoço, pausa para lanche e fim do expediente para falarem com você.

Outra atitude importante é desativar notificações de aplicativos e redes sociais para evitar distrações extras.

🔇 2. Escolha um local silencioso

Nem sempre é possível, é verdade. Mas o trabalhador precisa ter um ambiente que permita a concentração. Vale alertar os filhos e demais familiares sobre o volume da televisão e música, pois podem comprometer sua produtividade.

🚀 3. Internet

Com mais gente em casa, aulas online, plataformas de streaming, jogos etc, sua banda pode ficar congestionada, atrapalhando o download de arquivos importantes ou comprometendo a qualidade de suas reuniões virtuais. Talvez seja a hora de aproveitar a economia que está fazendo ficando em casa e investir num upgrade no seu plano de internet. Sem dúvidas trará melhorias para todos.

📹 4. Ferramentas

Uma mesa e cadeira confortáveis fazem toda a diferença. Se no começo você usou móveis adaptados (mesa da cozinha, cadeira da sala… quem nunca?), pense em investir em uma estação de trabalho mais adequada.

Já se o seu notebook não conta com uma boa câmera, ou mesmo se o seu desktop não possui uma, investir em uma câmera de qualidade pode fazer a diferença em reuniões, principalmente se você trabalha na área comercial. Para quem não pode gastar, existem aplicativos, tanto para iOS como para Android que transformam o seu celular, que possui câmeras excelentes, em uma webcam de qualidade insuperável.

Não esqueça de providenciar uma boa iluminação caso as videochamadas sejam essenciais para seu trabalho.

⌚ 5. Cumpra seu horário

Além de todas as distrações do dia a dia, imprevistos podem ocorrer quando se trabalha de casa. Faça o máximo para cumprir seu horário à risca. Caso precise se ausentar, deixe claro, comunique, e depois compense. Não é porque estamos trabalhando de casa que as regras mudaram.

🤸‍♂️ 6. Mexa-se

Ficar em casa significa que aquela caminhada até o ponto de ônibus ou garagem não é mais necessária. E sair para almoçar, também. Nem mesmo aquela ida até a mesa do chefe ou do colega acontece mais, certo? Por isso é fundamental que faça pausas para alongamentos, por exemplo. Aplicativos ajudam nesta tarefa: eles disparam alertas e exibem movimentos para que você reproduza-os e mantenha a postura, circulação e músculos em atividade.

Além disso, é possível aproveitar o horário de almoço para fazer uma caminhada ou correr na esteira da academia ou, ainda, dar uma volta no quarteirão. Na volta, um almoço rápido garante que dentro desse período de uma hora você já está pronto para voltar ao trabalho.

Gostou dessas dicas? Confira mais aqui: https://neilpatel.com/br/blog/home-office/

Expediente Atlântida – Feriados de Abril

Prezado Cliente

No dia 2 de abril, sexta-feira, não haverá expediente na Atlântida, assim como nos dias 26 e 31 de março, conforme informado na matéria em destaque neste informativo.

Com a Lei 9224, e a conseqüente antecipação dos feriados de 21 de abril (Tiradentes) e 23 de abril (São Jorge) respectivamente para os dias 29 e 30 de março, informamos que nesses dias 21 e 23 de abril teremos expediente normal na Atlântida.

 


Warning: html_entity_decode(): charset `ISO-8559-1' not supported, assuming utf-8 in /home/atlantid/public_html/blog/wp-includes/general-template.php on line 3237
1 2 3 4 5 328