Tag: Rio de Janeiro

5 fatos que você não sabia sobre o Rio de Janeiro

Iniciamos o mês de março parabenizando a nossa Cidade Maravilhosa, já são 455 anos para comemorar. Sinônimo de calor, samba, praia e carnaval, o Rio tem muitos mais segredos que talvez você ainda não saiba. Separamos algumas curiosidades, confira!

 

  1. O Rio é de Janeiro, mas na verdade o Rio não existe, é uma baía. 

 

Em janeiro de 1502 que o navegador português Gaspar de Lemos primeiro chegou ao Rio. Diz a lenda que Lemos navegava pela Baía da Guanabara quando ele inventou o nome para a cidade, confundindo a baía com a boca de um grande rio.

Hoje em dia, alguns historiadores questionam a teoria, argumentando que os portugueses eram navegadores experientes para cometer esse erro, e que a palavra para rio no século 16 também era usada para identificar baías.

2. Origem do termo Carioca

A origem do nome vêm do povo Tupi (nativos brasileiros). Quando os portugueses chegaram ao Rio de Janeiro, havia uma grande população indígena que via esses homens brancos construindo casas muito estranhas! “Cari” significa “homem branco”, “oca” significa “casa”, então CARIOCA = “a casa do homem branco”.

3. Foi a capital de um dos maiores impérios do mundo

Não é raro encontrar estrangeiros que pensam que o Rio é a capital do Brasil – afinal, até 1960, ano de inauguração de Brasília, a cidade de fato o era.

O que poucos sabem é que o Rio foi não apenas a capital do nosso próprio país, mas também de um império global: quando a Família Real portuguesa e a sua corte se mudaram para o Brasil, em 1808, fugindo das tropas de Napoleão, a cidade foi transformada em capital do Reino de Portugal e de seu vasto império ultramarino.

4. O maior porto escravista da história fica no Rio

O Cais de Valongo, maior porto escravista da história, fica localizado na área portuária do Rio de Janeiro. Ele foi criado para que o desembarque e comércio de africanos escravizados fossem retirados da Rua Direita, atual Primeiro de Março.

Após a construção do Cais, o mercado escravo se intensificou e mais de 500 mil africanos chegaram ao Rio de Janeiro. Com isso, o Rio ganhou uma grandíssima herança cultural africana, propiciando o nascimento do samba, de religiões de matriz africana, além de uma rica gastronomia.

5. O Cristo Redentor é atingido por raios todos os anos

Em relação a todo o mundo, o Brasil é o país com a maior incidência de raios. Na cidade do Rio de Janeiro, as descargas elétricas trazem ameaça para um dos principais símbolos da cidade: o Cristo Redentor, uma das sete maravilhas do mundo.

A explicação para a frequência de raios na cidade é que a combinação de montanhas com a grande concentração de água atrai as descargas elétricas. O monumento é atingido por, em média, dois a quatro raios por ano, segundo o Instituto Brasileiro de Pesquisas Espaciais. Não ocorrem danos, na maioria dos casos, mas algumas tempestades têm a capacidade de destruir partes do monumento.

Fonte de pesquisa: SkyScanner, Free Walker Tours

Morar em Copacabana: veja 5 vantagens

 

Quando falamos no Rio de Janeiro, muitas pessoas lembram-se automaticamente de Copacabana. É um dos bairros mais famosos do Brasil: palco de diversos filmes, o bairro está eternizado também na música popular brasileira. Para quem deseja morar em um lugar completo, com opções de lazer para todas as idades, encontrar um apartamento em Copacabana é uma ótima pedida. 

 

E quais são as vantagens de morar em Copacabana?

 

1 – Praia

A praia mais famosa do mundo é um dos principais pontos turísticos do Rio de Janeiro. Sempre bastante movimentada, a praia carioca reflete a imagem do Rio. Imagine morar a poucos metros de distância deste belo cenário para relaxar após aquele dia cansativo.

 

2 – Localização 

O bairro conta com uma grande quantidade e variedade de comércios, você não precisará se preocupar com mercados, padarias, lojas de roupas, produtos para a casa, bares, restaurantes, salões de beleza… o bairro realmente oferece opções para todos os tipos de consumo. E quanto ao transporte? Esqueça carro! Em Copa, você pode fazer tudo a pé, de metrô ou de bicicleta. 

 

3 – Entretenimento 

Copacabana conta com diversas opções de diversão. Além de esportes ao ar livre, você pode escolher ir ao cinema, teatro, museu e muito mais. A vida noturna também está garantida para os que gostam de dançar até a madrugada.

 

4 – Gastronomia

Com diversas opções gastronômicas, o bairro conta com restaurantes variados e premiados. Não esqueça também de conhecer os bares, ótima pedida para aquele happy hour com os amigos. 

 

5 – Infraestrutura 

O bairro conta com diversas escolas públicas, tradicionais colégios particulares e faculdades. Além de possuir diversas farmácias espalhadas pelo bairro, conta com hospitais particulares, públicos e uma UPA.

Condomínios não são mais obrigados a contratar profissionais de Educação Física

O governador do Rio de Janeiro Wilson Witzel sancionou, sem nenhum veto, a Lei 8.679/19, que revoga integralmente a Lei 8.070/18, que criou a obrigatoriedade da presença de profissionais de Educação Física em academias de ginástica de prédios e condomínios. 

Conforme a nova lei, que entrou em vigor no dia 26 de Dezembro, a obrigatoriedade do profissional de Educação Física só vai ocorrer quando o condomínio oferecer atividade física orientada e dirigida. Práticas como aulas de step, body pump e ginástica localizada ainda só podem ser oferecidas por profissionais.

Define atividade física dirigida e orientada, como sendo toda aquela administrada por profissional de educação física que prepara uma atividade que proporcione aprendizagem aos condôminos.

Para o advogado André Luiz Junqueira, da Comissão de Direito Imobiliário da OAB-RJ, a revogação representa uma vitória para os condomínios do Rio.

“O simples fato de disponibilizar um espaço para atividade que é de responsabilidade de todos os seus usuários, não implica em responsabilidade do condomínio. Do contrário, o próprio Poder Público, no momento em que deixa em alguma praça algum tipo de equipamento para atividade física, deveria contratar um profissional de Educação Física para estar ali presente. E assim como o Poder Público não tem essa obrigação, também o particular não tem”, argumenta. 

Clique aqui e confira a lei na íntegra.


Warning: html_entity_decode(): charset `ISO-8559-1' not supported, assuming utf-8 in /home/atlantid/public_html/blog/wp-includes/general-template.php on line 3237
1 2